SECRETÁRIOS DE SAÚDE DE SEIS MUNICÍPIOS SE REÚNEM EM BANABUIÚ PARA DEMANDAR QUESTÕES JUNTO AO ESTADO

Secretários de saúde de seis municípios do Sertão Central do Estado se reuniram em Banabuiú na última semana para mais um encontro da Comissão Intergestora Regional (CIR) itinerante. Autoridades da saúde do Estado e dos municípios participaram. O encontro é o primeiro realizado este ano em Banabuiú.

O encontro foi mediado pelo presidente da 8ª Coordenadoria Regional de Saúde (Cres), Wellinton Xavier, que abarca dez municípios da região Centro do Ceará. Participaram as secretárias de saúde de Choró, Jamille Maria Paz Moura; de Quixadá, Juliana Capistrano Câmara; de Solonópole, Rarize Pinheiro Ribeiro; a representante da secretária de saúde de Senador Pompeu, Ana Vivian; e o secretário de saúde de Milhã, Charles Piérry Nobre Ferreira.

Os secretários de Ibaretama, José Antônio Almeida Neto; de Ibicuitinga, Jeiviane Gomes de Sousa; de Quixeramobim, Rômulo de Oliveira Coelho e de Pedra Branca, Maria Leite Parente, foram convidados mas não puderam comparecer. Também participaram da CIR a coordenadora do GT social da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), Regina Lúcia Holanda Sá; a técnica do GT Social, Geracina Peres de Abreu; e o diretor do Hospital Regional do Sertão Central (HRSC), Dr. Marcelo Teófilo.

A secretária de saúde Rianna Nobre abriu o encontro e agradeceu pela oportunidade da cidade sediar a CIR. Ela se disse disposta a poder colocar em pauta questões importante para Banabuiú. Rianna adiantou que deliberou na reunião o pedido de mais quatro equipes do Programa Saúde da Família (PSF).

O prefeito Edinho Nobre também esteve presente na abertura solene do evento, e fez questão de frisar todo o empenho garantido pela atual gestão ao funcionamento básico dos serviços de saúde pública. O encontro acontece a cada 15 dias em municípios diferentes, e faz parte de um calendário regimental em que gestores de saúde municipal, deliberam questões de cada município. O objetivo principal é discutir situações, apresentar cenários e colocar em pauta questões e metas a serem alcançadas.

As demandas discutidas na CIR foram colocadas em pauta e devem ser deliberadas em uma outra reunião semelhante, esta, a nível Estadual, que ocorre em Fortaleza e onde são levadas todas as deliberações das CIRs que ocorrem nos municípios. De lá, se aprovadas, as questões são levadas a Brasília e despachadas junto ao Ministério da Saúde.