PRODUTORES DE BANABUIÚ CONCLUEM PRIMEIRO CURSO DE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL OFERECIDO PELA PREFEITURA E SENAR

Uma turma de 12 pessoas concluiu um curso de inseminação artificial em bovinos. O curso é gratuito e foi oferecido à população de Banabuiú pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) em parceria com a Secretaria de Agricultura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente do Governo Municipal de Banabuiú.

O curso aconteceu na localidade de Ribeira. Além de participantes da Secretaria de Agricultura, entre a turma estavam técnicos agrícolas da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce), do Instituto Agropolos e da empresa de laticínios Bethânia, com uma de suas maiores filiais em Morada Nova, no Vale do Jaguaribe.

O secretário de agricultura, Romário Lima, destacou a importância da iniciativa, frisando que a partir das técnicas, criadores de gado vão poder melhorar o rebanho.

“Os participantes aprenderam e agora vão poder praticar técnicas de como inseminar. A partir daí, eles vão ter um rebanho de mais qualidade porque vão poder provocar um melhoramento genético, ou seja, vão ter um rebanho de primeira linha”. Romário frisou também que foi a primeira vez que um curso de inseminação artificial foi oferecido para produtores da cidade.

O prefeito Edinho Nobre reconheceu a iniciativa como um fato relevante, e se aliou aos alunos ao falar do curso. “Os participantes relataram que a iniciativa é inédita, em mais de 20 anos de gestão municipal da agricultura”, completou.

Já está em estudo a viabilidade da formação de uma segunda turma para o curso, uma vez que a primeira leva de alunos superou as expectativas. Romário Lima disse também que o município de Banabuiú tem a intenção de criar o programa municipal de melhoramento genético de rebanho bovino.