ADUTORA VAI BENEFICIAR MAIS DE 2 MIL FAMÍLIAS DA SEDE E DE SETE LOCALIDADES

O Governo Municipal de Banabuiú vai levar água onde ela ainda não chega por meio de uma adutora. A obra está na segunda fase, que deve terminar nos próximos meses. De acordo com o prefeito Edinho Nobre, a expectativa é que a obra seja concluída ainda este ano.

Mais de 2.000 famílias da sede, e cerca de outras 230 situadas em sete localidades da zona rural, serão beneficiadas: Valença I, Lagoa da Serra, Riacho do Penha, Marrocos, Tanquinhos, Sítio dos Lopes e Croatá.

Além de permitir que a água chegue na casa dos moradores sem interrupções, a adutora vai ocasionar na troca do sistema de bombeamento de água. Atualmente, a capacidade ainda é baixa e por isso é comum faltar água em alguns dias.

Na semana passada Edinho Nobre visitou as obras no trecho próximo a empresa Libra Ligas do Brasil S/A. Ele estava acompanhado do engenheiro civil do município, Jailson Vasconcelos. Jailson explicou que a fase de escavação para a colocação da tubulação estava sendo concluída.

“O primeiro reservatório de água fica na serra da cidade. A fase que leva a tubulação que capta a água do açude Arrojado Lisboa até a caixa d’água está pronta. De lá, a água vai ser levada por este equipamento às comunidades que serão assistidas”, disse o engenheiro.

A obra é uma parceria com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) orçada em R$ 6 milhões. Na atual gestão o trabalho está ganhando mais celeridade, tendo seus recursos usados com mais responsabilidade. Edinho Nobre está na expectativa que a adutora tenha todas as suas fases concluídas ainda este ano.

“Em todo canto tem adutora, e uma das únicas partes do Banabuiú que não tinha adutora e que ainda sofria com a seca, era essa. Agora, com essa obra, nós acreditamos que esse cenário vá mudar. Quando isso acontecer, vamos levar água para cerca de cinco mil famílias”, afirmou o prefeito de Banabuiú.

Os moradores das comunidades aguardam com expectativa a conclusão da obra, que vai representar a garantia de água tratada diariamente nas torneiras. Isaias Costa, morador de Valença I, falou que seu sonho era ver essa obra sendo realizada.

“Vai ser muito bom, isso daí. Eu acredito que está todo mundo daqui satisfeito. Era o meu sonho e dele ai também”, falou, se referindo ao prefeito Edinho Nobre.