Secretaria da Pesca e Aquicultura

A secretaria: “O nome pesca soa de uma forma que muita gente pensa que ela só funciona em pesca, mas não é bem assim”, esclarece Miguel. A secretaria também se articula para incentivar a produção pesqueira e o fortalecimento da pesca artesanal, acompanhando mais de mil pescadores da cidade. A pasta também atua na busca, pesquisa e elaboração de alternativas aos pescadores frente aos anos de estiagem que compromete a renda, como a cadeia do pescado. Acompanha as ações do setor e atua também no desenvolvimento de projetos de produção através de alternativas como o reaproveitamento da água. Tem procurado incentivos por meio de convênios com a Secretaria de Pesca do Governo do Estado. O secretário: Miguel Brasileiro Andrade Natural de Maranguape, adotou Banabuiú como sua terra natal há mais de vinte anos. Conhece a cidade desde os tempos em que ela ainda nem era antecipada. Acompanhou de perto todo o processo de emancipação ao lado de importantes nomes da política na época, como Everardo Silveira. Na gestão pública, atuou como tesoureiro do primeiro governo de Antônio Sales Magalhães e diretor administrativo do hospital municipal. Acompanhou Sales em seu segundo mandato chegando a secretário de turismo e criando eventos importantes na tentativa de fortalecer a economia pesqueira, como o Festival do Peixe. Foi candidato a vereador municipal em 2004 e 2008, ano em que começou trabalhar com Edinho Nobre em projetos políticos que visassem a melhoria do Banabuiú. É técnico em psicultura e aquicultura pela escola técnica de Pentecostes do Departamento Nacional de Obras Contras às Secas (Dnocs). Contato: pesca@banabuiu.ce.gov.br Endereço: avenida Valdir Leopércio, . Centro. CEP: 63960-000 (em frente a igreja)