PRODUTORES DEVEM ATUALIZAR INFORMAÇÕES NA ADAGRI SOBRE VACINAÇÃO CONTRA AFTOSA

Texto: José Avelino Neto, com informações da Adagri | Foto: divulgação

Produtores rurais que vacinaram o rebanho contra a febre aftosa devem, agora, atualizar as informações e apresentar as declarações de vacinação nos escritórios municipais conveniados com a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri) e com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce).

A solicitação está sendo feita a todos os municípios pela Adagri e faz parte do trâmite processual da campanha contra a febre aftosa. Em Banabuiú a apresentação das declarações pode ser feita na Secretaria de Agricultura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente, no complexo administrativo municipal.

De acordo com as informações da Adagri, os produtores têm até 15 dias, após a vacinação, para apresentar a declaração. A campanha de vacinação contra a febre aftosa é feita em duas etapas. A primeira se encerrou no último dia 31 de maio. Quem tiver vacinado o rebanho apenas no último dia, tem até o dia 15 deste mês declarar.

O produtor que não atualizar as informações, estará sujeito a penalidades como multas por não vacinação ou não declaração no prazo estabelecido por lei.

Segundo a Adagri, no ato da atualização da declaração de vacinação, devem ser colhidas informações como a quantidade de animais de outras espécies existentes naquela propriedade.

Nos próximos dias a Adagri informou que vai intensificar as fiscalizações nas propriedades rurais, nos escritórios municipais para checar o recebimento das declarações de vacina, e nos pontos de venda das doses da vacina, já que a venda só é permitida e autorizada no período de imunização da campanha.