Informações Geográficas

Situada na região Central do Estado, o Município de Banabuiú tem um clima predonimantemente seco. O calor impera durante quase todo o ano. A escassez de chuvas, mesmo no período de inverno, acentua ainda mais as altas temperaturas. Suas vias de acesso são pela CE-060/CE-350/CE-354/CE-253/CE-566/BR-122. Seu endereço postal é 63960-000.Em termos geográficos, seu clima é tropical quente semiárido com chuvas de fevereiro a abril. Seu relevo é comporto pelo que os geógrafos chamam de depressões sertanejas e maciços residuais. Sua vegetação é a caatinga arbustiva densa, caatinga arbustiva aberta e floresta mista dicotillo-palmácea. De acordo com o Anuário do Ceará, a cidade tem uma área equivalente a 1.079,99 km². O Açude Arrojado Lisboa é sua principal fonte de abastecimento. O açude leva o nome da cidade, que também batiza a Bacia Hidrográfica da mesma região, composta por um total de 19 reservatórios. O Açude tem uma engenharia peculiar, a julgar pelas comportas, cada uma pesando 37 toneladas, medindo 15×9 metros e podendo ser içada por até 8 metros. Uma de suas maiores sangrias foi ainda nos anos de 1980, quando o açude ainda não tinha comportas. O grande inverno provocou uma tragédia no município de Morada Nova, onde as águas do rio chegaram e causaram inundações em algumas partes da cidade. De acordo com registros do Dnocs, o açude sangrou em 2004 e 2009. Com base nos dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), reunimos os registros de chuvas dos últimos trinta anos. No quadro informativo abaixo, mostramos o ano do registro, a média histórica esperada para aquele ano, a quantidade de chuva observada e o que ela representa frente à média histórica, ou seja, se aquele ano foi de chuva abaixo da média (seca) ou acima da média (bom inverno). Números Em termos proporcionais, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cidade de Banabuiú teve uma projeção de 17.968 mil pessoas residentes e domiciliadas em 2016. Em 2010, data do último Censo do Instituto, esse número era de 17.315 mil pessoas. No Censo anterior do ano 2000, a população era de 16.176, o que aponta para um crescimento relativo de 7,06%. A distribuição da população ficou dividida da seguinte forma: População (2010): 17.315 População (Estimativa 2015): 17.906 Total de homens (2010): 8.737 Total de mulheres (2010): 8.578 População urbana (2010): 8.753 População rural (2010): 8.562 Densidade demográfica (2010): 16,03 Faixa etária: – 0 a 14 anos: 5.251 – 15 a 64 anos: 10.672 –  65 anos ou mais: 1.392 Conforme o levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada do Ceará (Ipece), entre os anos de 2000 a 2010, houve um aumento de 14,84% na população da zona urbana e 0,13% da zona rural. Suas informações mais atualizadas sobre área da unidade territorial ainda datam de 2015 e informam que o município corresponde a uma área de 1.080,329 KM². Sua densidade demográfica, medida ainda em 2010 pelo IBGE, é de 16,03 hab/km². O número de profissionais da saúde disponíveis para cada mil habitantes cresceu de 2010 para 2015. O município detém outros números para comemorar, como o crescimento na casa dos 10% na taxa de combate ao analfabetismo em crianças de até 14 anos. Por outro lado, há fatores que ainda preocupam, como o índice de abandono de sala de aula. Segundo o Ipece, de 2010 para 2015 a taxa de alunos em sala diminuiu de 43,88% para 29,32%. O IBGE mostrou, também, que de 2000 para 2010, data do último Censo, cresceu de 46,51% para 65,55% o percentual de domicílios com acesso a água tratada e potável. 98% das casas da cidade têm acesso a energia elétrica. O site @Cidades, o IBGE cataloga informações importantes de nosso município, como a quantidade de homens e mulheres divididos por faixas de idade, o número de matrículas realizadas nas escolas e o de docentes por áreas de ensino, e ainda informações sobre pecuária, agricultura, os índices de produção agrícola, as estatísticas de casamentos e separações, números sobre religiões e os dados do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM). Para ter acesso a essas informações é só acessar: www.cidades.ibge.gov.br EDIÇÃO DE TEXTO: José Avelino Neto FONTE: Wikipédia, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), Universidade Federal do Ceará (UFC), Governo do Estado do Ceará e Anuário do Ceará.