Agricultura

COMEÇA A VACINAÇÃO CONTRA A FEBRE AFTOSA EM BANABUIÚ
Texto: José Avelino Neto
  Começou desde o dia primeiro de maio em todo o País e inclusive no Ceará, a vacinação contra a febre aftosa. Produtores terão que vacinar o rebanho até o próximo dia 31 de maio, quando o prazo da campanha se encerra. A Secretaria de Agricultura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente, do Governo Municipal de Banabuiú, apóia a iniciativa.

De acordo com dados da Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (Adagri), a vacinação é obrigatória para bovinos e bubalinos de qualquer espécie, independendo a sua idade. O produtor que não vacinar vai sofrer restrição quanto à movimentação do animal e poderá ser multado.

Segundo o secretário Romário Lima, a vacinação é importante porque protege o animal, tornando o rebanho imune e o deixando saudável.

Segundo a Adagri a vacina já está disponível nas revendas de produtos de uso veterinário, para aquisição por parte dos pecuaristas. A orientação é que o produtor procure o serviço veterinário oficial do Estado mais próximo. A recomendação é não deixar para os últimos dias, para evitar atropelo e até falta de vacina de última hora.

Em Banabuiú, o escritório da Ematerce fica na rua Demócrito Pinto, no prédio onde funcionava antigamente a Unic.


PREFEITO EDINHO NOBRE DISCUTE COM ÓRGÃOS DO ESTADO INSTALAÇÃO DE UMA AGROINDÚSTRIA EM BANABUIÚ Texto: José Avelino Neto | Foto: Valdecir Pimenta O prefeito Edinho Nobre recebeu, na última quarta-feira (3) na Câmara de Vereadores do município, técnicos em agropecuária e da produção rural de órgãos do Estado, para estudar a viabilidade da instalação de uma agroindústria em Banabuiú. O prefeito apoiou a iniciativa e frisou que seu governo apóia e vai incentivar a instalação do equipamento.. A reunião foi aberta ao público. Vários produtores da zona rural participaram. Representantes da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), da Ematerce, técnicos do Instituto Agropólos, o Sindicato dos Trabalhadores de Banabuiú e a Secretaria de Agricultura, também estiveram presentes. Edinho Nobre frisou aos técnicos que a iniciativa tem o seu apoio e de seu governo. “No que depender da gente, pode contar conosco, Fazemos o possível porque sabemos o quanto uma ação como essa é importante”, declarou na reunião, o prefeito. O projeto já existia, mas estava engavetado. A reunião foi proposta pelos técnicos dos órgãos envolvidos para apresentar o projeto ao prefeito e pedir seu apoio na sua execução. Entre os planos está a possibilidade de trazer uma indústria de beneficiamento do leite bovino e caprino. O Governo Municipal afirmou que novas reuniões com o Instituto Agropolos ainda devem este mês para encaminhar o que deve ser feito.

EDINHO NOBRE ASSINA CONVÊNIO PARA BENEFICIAR AGRICULTORES QUE PERDERAM A LAVOURA Texto: José Avelino Neto | Foto: Romário Lima O prefeito Edinho Nobre assinou na manhã desta terça-feira (25) ao lado do governador do Estado, Camilo Santana, e do secretário de desenvolvimento agrário, Dedé Teixeira, o termo de adesão do programa Garantia Safra. O programa garante ajuda em dinheiro a agricultores que tenham perdido a safra em virtude da seca. A assinatura do termo aconteceu pela manhã, em solenidade no Centro de Eventos, em Fortaleza. O secretário de Agricultura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente, Romário Lima, também esteve presente. O programa é feito em parceria com Governo Federal, Estadual e Municípios, que participam doando uma quantia. Edinho afirmou que autorizou um investimento de R$ 41 mil dos cofres da Prefeitura para garantir o benefício. O valor será pago em seis parcelas. No total, 806 agricultores de Banabuiú que se cadastraram e que tiveram a perca da lavoura comprovada, vão ser beneficiados por meio do Garantia Safra. A avaliação da lavoura é feita por órgãos como Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) e o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Os agricultores vão receber R$ 850 divididos em cinco parcelas. Edinho comemorou a assinatura do convênio e enfatizou que vai sempre estar trabalhando em prol da classe. “Esta é mais uma prova de nosso compromisso com os agricultores, somaremos esforços para garantir sempre benefícios em prol desta classe. Estarei sempre do lado do agricultor, ouvindo e ajudando este povo, e sabendo dele o que mais é preciso. Os agricultores de Banabuiú sempre vão poder contar com o trabalho do nosso Governo. Não vamos deixar nossa gente desamparada, é um compromisso nosso”, comentou o prefeito.
 

EDINHO NOBRE ASSINA CONVÊNIO PARA BENEFICIAR AGRICULTORES QUE PERDERAM A LAVOURA Texto: José Avelino Neto | Foto: Romário Lima O prefeito Edinho Nobre assinou na manhã desta terça-feira (25) ao lado do governador do Estado, Camilo Santana, e do secretário de desenvolvimento agrário, Dedé Teixeira, o termo de adesão do programa Garantia Safra. O programa garante ajuda em dinheiro a agricultores que tenham perdido a safra em virtude da seca. A assinatura do termo aconteceu pela manhã, em solenidade no Centro de Eventos, em Fortaleza. O secretário de Agricultura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente, Romário Lima, também esteve presente. O programa é feito em parceria com Governo Federal, Estadual e Municípios, que participam doando uma quantia. Edinho afirmou que autorizou um investimento de R$ 41 mil dos cofres da Prefeitura para garantir o benefício. O valor será pago em seis parcelas. No total, 806 agricultores de Banabuiú que se cadastraram e que tiveram a perca da lavoura comprovada, vão ser beneficiados por meio do Garantia Safra. A avaliação da lavoura é feita por órgãos como Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) e o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Os agricultores vão receber R$ 850 divididos em cinco parcelas. Edinho comemorou a assinatura do convênio e enfatizou que vai sempre estar trabalhando em prol da classe. “Esta é mais uma prova de nosso compromisso com os agricultores, somaremos esforços para garantir sempre benefícios em prol desta classe. Estarei sempre do lado do agricultor, ouvindo e ajudando este povo, e sabendo dele o que mais é preciso. Os agricultores de Banabuiú sempre vão poder contar com o trabalho do nosso Governo. Não vamos deixar nossa gente desamparada, é um compromisso nosso”, comentou o prefeito.

EMATERCE E GOVERNO MUNICIPAL DISTRIBUEM 34 MIL RAQUETES DE PALMA PARA AGRICULTORES
Texto: José Avelino Neto | Imagens: Valdecir Pimenta | Consultoria: Insa
34 mil raquetes de palma serão distribuídas para agricultores de Banabuiú, por meio do escritório local da Empresa de Assistência Técnica de Extensão Rural do Ceará (Ematerce). As raquetes foram deixadas na sede da Secretaria de Agricultura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente e já começaram a ser distribuídas. A Secretaria apóia e incentiva a distribuição da palma, por isso firmou uma parceria de colaboração com a Ematerce em Banabuiú para dar agilidade no trabalho. O titular da pasta, Romário Lima, esclareceu que os agricultores que desejarem ser beneficiados precisam atender a alguns pré-requisitos. “Tem que ter um cadastro na Ematerce, que eles chamam de cadastro das sementes. O perfil do agricultor é que vai determinar a quantidade de raquetes que ele vai receber”, garantiu Romário Lima. Embora a distribuição ocorra sob a responsabilidade da Ematerce, o Governo Municipal garante apoio por atender a uma reivindicação do prefeito Edinho Nobre de garantir apoio aos agricultores. Edinho já foi funcionário da Ematerce e viabilizou várias raquetes de palma para Banabuiú, beneficiando centenas de famílias na zona rural. Fonte eficaz Conhecida pelo seu potencial de se reproduzir e se manter firme mesmo em períodos de seca, a palma é vista como uma alternativa ao rebanho leiteiro no sertão. Pesquisas já mostraram que ela é resistente à falta de chuva e pode armazenar água suficiente para o gado. A planta é de origem mexicana e registros mostram que ela chegou ao Brasil no século 18. Pela sua facilidade, logo o nordestino se habituou com a cultura da palma, hoje já bastante difundida. Uma das maiores pesquisas sobre a cultura da palma forrageira foi feita no meio do ano passado pelo Instituto Nacional do Semiárido (Insa) e comprovou sua eficácia.
PRODUTORES DE BANABUIÚ RECEBEM 110 CAPRINOS POR MEIO DA SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO DO ESTADO
Produtores rurais de Banabuiú receberam, em evento realizado na sexta-feira, 24, 110 caprinos através da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA) do Governo do Estado. O secretário Dedé Teixeira, o prefeito Edinho Nobre e outras autoridades do Município, participaram do evento.Os caprinos foram doados a produtores cadastrados no Programa de Fortalecimento da Caprinocultura. Os animais devem ajudar na geração de renda a partir da fabricação dos derivados do leite.O programa é fruto de uma parceria entre a SDA e a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). De acordo com a SDA, o Instituto para o Desenvolvimento da Economia Familiar (Idef) presta assistência técnica ao programa.Em Banabuiú 30 agricultores são cadastrados no programa e acompanhados pelos técnicos e profissionais da Secretaria de Agricultura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente do Governo Municipal. Do total, dez foram beneficiados com a doação dos animais. Cada um deles recebeu dez matrizes e um reprodutor.Edinho Nobre frisou seu compromisso com a agricultura. “Tenho o compromisso de fazer as coisas como devem ser na agricultura, porque é a minha área. Sou engenheiro agrônomo e sei como melhorar essa área. Graças a esse programa vamos muito em breve fazer de Banabuiú uma das cidades com a maior produção de leite da região”, comentou o prefeito de Banabuiú.Para o secretário Dedé Teixeira a agricultura familiar é prioridade para o Governo do Ceará e o governador Camilo Santana tem um olhar cuidadoso para com toda a população do interior do Estado. “A caprinocultura vem tendo uma importância significativa na economia e no aumento da qualidade de vida do produtor rural. A SDA executa projetos que ajudam o agricultor e produtor na qualificação agropecuária”.